Translate

16 de janeiro de 2013

Escrevo aqui há um tempo, já pensei em mudar título, apagar textos, corrigir outros e até em deletá-lo por completo, por mudar o modo como penso em muitas coisas, mas decidi apenas continuá-lo, afinal como aprendiz e alguém de funcionamento muito peculiar, dou-me à mudanças, me reinvento!

SE HOUVER ALGUM TEXTO OU IMAGEM UTILIZADO NESSE ESPAÇO QUE SEJA SEU E VOCÊ NÃO ESTEJA DE ACORDO COM A EXPOSIÇÃO, ENTRE EM CONTATO: justine-ss21@hotmail.com

Me ouves, pois quero-Te!

(...) já confesso-me a ansiedade que sinto de Ti, conhecer-Te, mostrar-me... Estou a procura, preciso encontrar, escolher-Te para ser escolhida e ter a chance de você. Não nego, quero cofiar-me a Ti, dê-me a chance se procuras realmente SUA SUBMISSA. O passado está ficando mais distante que imagino do presente, ou será ansiedade de Ti? Não sei, teste-me! Necessito-Te! Escrevo o que não falo, falo que quiseres ouvir, solicite-me que me abro, torno transparente o que me protege segurando minha entrega, assim mostro-te quão acessível sou, reconhecendo sua natureza que não engana, Sádico Dominador...
Imaginei sentir seu olhar sádico percorrendo-me o corpo (em qualquer situação que ele estivesse) e me desejando, se satisfazendo e me enchendo o orgulho de submisso masoquista. Não sei se consigo cumprir suas exigências, mas quero tentar, conseguir e surpreender-Te se for possível. Aguardo-Te silenciosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lembre-se! A boa educação, a humildade e o respeito abrem portas!