Translate

16 de janeiro de 2013

Escrevo aqui há um tempo, já pensei em mudar título, apagar textos, corrigir outros e até em deletá-lo por completo, por mudar o modo como penso em muitas coisas, mas decidi apenas continuá-lo, afinal como aprendiz e alguém de funcionamento muito peculiar, dou-me à mudanças, me reinvento!

SE HOUVER ALGUM TEXTO OU IMAGEM UTILIZADO NESSE ESPAÇO QUE SEJA SEU E VOCÊ NÃO ESTEJA DE ACORDO COM A EXPOSIÇÃO, ENTRE EM CONTATO: justine-ss21@hotmail.com

Cabelos, lábios e carícias

...
o leve cheiro de shampoo dos seus cabelos longos, escuros e finos... sua nuca traz notas suaves do seu perfume, beijo-te os ombros, braços e costas... minhas mãos sentem sua pele, macia quente... toques aveludados, sua bela cintura contrasta o volume farto dos seus seios... pego-os e massageio-os entre meus dedos, seus biquinhos ressaltados... está frio... ouço um leve gemido, amo o cheiro dos seus cabelos, que encostam em um dos meus joelhos dobrados sobre a cama, você os ajeita com as mãos, joga-os para frente, cobrindo um seio... suas costas fina e pequena trás desenhos belos, finos... sombreados de tinta preta; massageio-as, nos ajeitamos e você se deita de bruços, relaxada, sua respiração está rítmica, suas mãos meio desencostadas do seu quadril, deslizo as mãos pela sua bunda... que bunda! Bunda macia, fofa, lisa... veludo!


...observo-te... olhos levemente fechados, cabeça de lado no travesseiro, cabelos de lado... termino até seus pés, sentindo sua pele e ouvindo sua respiração. Deito-me sobre você, meu corpo nu, meus seios sobre suas costas, te beijo o rosto de lado, seus olhos são escuros... a gente sorri gostoso, o momento é gostoso... seus cabelos jogados à minha direita, lhe trago de leve para baixo, subindo pouco seu queixo, você parece ter gostado disso! Então se vira, me rolando leve pra cama, de lado, meio sobre você, que me olha e me beija, estou apoiada sobre um dos meus cotovelos e correspondo... uma de suas mãos me tocam o rosto, mantendo o beijo... ah seus lábios! finos, bem delineados, rosa, quente, doce, suave... é tudo macio!

Mordo de leve seu lábio inferior, você ri gostando, parece querer mais, aperto forte um dos seus seios, agarrando-o de baixo pra cima, juntando-o contra seu corpo, você geme no beijo, beija de olhos levemente fechados, seu cheiro exala, fêmea à perfume de sais de banho... a cama é fofa, lençol branco, algodão macio, fresco, as coisas ao redor estão meio fora de lugar, mas isso não importa, o abajur está aceso, a luz clara apagada, o ambiente ganha um requinte sensual. Desço pela sua barriga, seu umbigo, minha mão leve que tateia cm a cm té sua coxa, parte interna, quente! Suas pernas levemente se abrem, deslizo até o joelho e subo na perna contrária, caminho a sua bunda sobre a cama, e agarro forte de lado, te trazendo mais perto de mim, você cessa o beijo, me olha, vejo desejo em você, sua respiração é mais tensa, seu leve erguer de queixo para cima e fechada leve dos olhos juntamente com uma aspirada funda e relaxada a entregam, você está excitada!

Suas mãos pousam sobre meus ombros, uma delas sobre minha nuca, ainda estou meio sobre você, seu toque é suave, você me segura leve de baixo para cima meus cabelos compridos, isso me enlouquece! Eu solto um gemido baixo, e sinto sua respiração quente no meu colo, está me beijando pescoço abaixo, até meus seios, eu fico molhada, ofegante, a vontade, com tesão... então, você me chupa os biquinhos, um a um, observo você fazer isso com gosto, então só toca os lábios neles, e os lambe, leve, isso me arrepiou todo o corpo, te aperto entre mim e a cama, toda sobre você, que me abraça e desliza as mãos pelas minhas costas, minha xaninha pisca, estou excitada!

Você me agarra a bunda com as duas mãos, apertando-as, estou sobre você, afasto um pouco meu tronco, te vejo, suas feições de mulher, sobrancelhas bem delineadas e marcantes, seus olhos, seu olhar, o nariz fino, a pele clara... não me aguento, são milésimos de segundo te observando nos mínimos detalhes, te beijo! Com força, contra a cama te aperto, seu corpo é quente, me encosta aveludado, isso me deixa louca!

Vou te beijando pescoço a baixo, chupo leve um dos seus seios bicudos, te beijo e te cheiro até sua xaninha, lisa, toda depilada, sinto seu cheiro, impulsivamente você afasta os joelhos, abrindo-se para mim, eu beijo ela e parte da sua perna, você pisca, cheira FÊMEA! ... Então... tudo se bagunça, ficando menos nítido...

Me desperto, alguém me balança de leve na cama, mais um dia começa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lembre-se! A boa educação, a humildade e o respeito abrem portas!